A.J. Finn, de A Mulher na Janela, lança novo thriller – e encara polêmicas


À beira da morte, um escritor de suspense policial contrata um jornalista obcecado pelo gênero para escrever sua biografia. Com milhares de livros vendidos, Sebastian Trapp tem pontas soltas em sua história: começando na véspera de Ano Novo de 1999, quando sua esposa e seu filho adolescente desapareceram sem deixar rastros. Vinte anos depois, o desaparecimento ainda alimenta teorias, incluindo a de que o autor do crime assassinou a sua família. Intrigante e magnético, o enredo é um fio condutor de Ponto finalo segundo livro de AJ Finn — que estourou em 2018 com o thriller A Mulher na Janelatransformado em filme pela Netflix, com Amy Adams no papel principal.

Período – AJ Finn

Com mais de 5 milhões de livros vendidos, AJ Finn, pseudônimo de Dan Mallory, de 45 anos, também coleciona sua dose de mistérios (e polêmicas) na vida real: em 2019, um artigo na revista O Nova-iorquino revelou que o nova-iorquino estava envolto em mentiras: entre elas um falso doutorado, a morte de sua mãe e de seu irmão (que estavam bem vivos e até o acompanhavam em viagens publicitárias) e até um suposto câncer inoperável.

PONTO FINAL, de AJ Finn (tradução de Fernanda Abreu; Editora Arqueiro; 480 páginas; 69,90 reais ou 44,99 reais na versão e-book) (./.)

Diagnosticado com transtorno bipolar, Mallory questionou as fontes anônimas do artigo que chamou de “fantasioso”, mas confessou ter mentido muito na vida —principalmente, afirma, ao tentar esconder seu estado mental. “Há quinze anos eu não contava a ninguém que iria receber terapia de choque ou que estava tendo dificuldade com a medicação”, disse a VEJA. “Ele disse outra coisa. Que eu estava fazendo uma viagem que não existia ou que estava preocupado com algum tipo de tumor, que era um medo recorrente meu. Eu menti sobre outras coisas também, mas quem não mente quando é jovem”, disse ele.

A Mulher na Janela – AJ Finn

Mallory não é o primeiro escritor a contar histórias fantasiosas sobre si mesmo como estratégia de marketing editorial. Na década de 1990, o autor JT LeRoy, que até virou tema de um filme de 2018 com seu nome, estrelado por Kristen Stewart, retratou-se como uma ex-prostituta soropositiva abusada por sua mãe viciada, quando, na verdade, era uma invenção de A roteirista americana Laura Albert. Em 2008, foi revelado que Margaret B. Jones, autora do livro de memórias Amor e Consequências, em que ela diz ter pulado de abrigo em abrigo quando criança em uma área infestada de gangues, era, na verdade, Margaret Seltzer: uma mulher branca criada em paz e prosperidade por sua família biológica em um bairro rico de Los Angeles. Em comum, esses escândalos mostram escritores que rebaixaram sua posição social, criando uma falsa autenticidade para suas obras.

Continua após a publicidade

SUCESSO NA TELA – A Mulher na Janela: romance de estreia virou filme da Netflix com Amy Adams
SUCESSO NA TELA – A Mulher na Janela: romance de estreia virou filme da Netflix com Amy Adams (Melinda Sue Gordon/Netflix)

Amor e Consequências – Margaret B. Jones

Apesar das semelhanças com o caso de Mallory no capítulo notícias falsas, o autor está alguns bons passos acima em termos de literatura. Os últimos anos foram uma montanha-russa para o homem por trás de AJ Finn. A fama meteórica trouxe a exposição de inverdades e julgamentos daí decorrentes. O autor enfrentou então dificuldades para terminar seu segundo livro, que chega às lojas seis longos anos depois de seu antecessor. Ele diz (acredite ou não) que o trabalho só saiu depois que ele retomou as sessões de eletroconvulsoterapia (ECT), procedimento usado até hoje para tratar alguns casos psiquiátricos graves. “Isso me ajudou a cruzar a linha de chegada”, diz ele. O autor descreve o novo livro como “mais ambicioso e sofisticado” que o anterior. Quanto ao seu misterioso co-protagonista, ele admite que há um certo reflexo de si mesmo. “Ele se preocupa com o que as outras pessoas pensam, e eu também”, compara. “Mas não sou tão engraçado ou inteligente quanto ele.” No caso de Mallory, ficção e realidade são partes inseparáveis ​​da trama.

Continua após a publicidade

Publicado em VEJA em 24 de maio de 2024, edição nº. 2894



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Είναι το στοιχείο που σας παρέχει ασφάλεια και ζεστασιά. Index.