Varizes: rugas da perna podem ser prevenidas com cuidados com a circulação – Jornal Estado de Minas



As varizes, veias dilatadas e tortuosas que perderam a função, são um problema multifatorial, surgindo devido a fatores como genética e hereditariedade e tendo como agravantes a gravidez, o uso de hormônios, a obesidade e os maus hábitos, incluindo o sedentarismo e o tabagismo . Mas um fator importante no aparecimento de varizes que é constantemente esquecido é o processo natural de envelhecimento. Não é à toa que essas alterações são conhecidas como rugas nas pernas, pois essa é a região mais afetada pelas varizes.

“À medida que os anos passam e a idade afeta o corpo como um todo, as veias ficam dilatadas, o que prejudica a circulação e isso, aliado à perda gradual de massa magra e à maior propensão ao inchaço, faz com que as pernas adquiram um aspecto envelhecido”, explica a cirurgiã vascular, membro titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, Aline Lamaita.

Assim como realizar uma rotina diária de cuidados com a pele pode prevenir o aparecimento de rugas no rosto, certos hábitos e cuidados devem ser adotados para prevenir o aparecimento de varizes, o que é especialmente importante para quem tem histórico familiar da doença. “Entre os cuidados mais importantes a serem tomados para promover a boa circulação venosa e prevenir o aparecimento de varizes à medida que envelhecemos estão medidas como manter o peso sob controle, parar de fumar, praticar exercícios regularmente e adotar uma alimentação rica e balanceada. principalmente em fibras”, recomenda Aline. “Além disso, se você trabalha sentado ou passa muito tempo na mesma posição, é importante fazer pequenas pausas de vez em quando para caminhar um pouco e exercitar as pernas. O uso de meias de compressão também pode ser recomendado, pois essas peças atuam comprimindo os vasos sanguíneos da perna, o que melhora a circulação e o retorno venoso”, destaca o médico.

Ler: A cannabis medicinal pode ser benéfica para a saúde mental

E se os cuidados preventivos contra varizes equivalem aos cuidados de rotina com a pele, o acompanhamento e os tratamentos vasculares são a versão da toxina botulínica para as pernas. “O monitoramento vascular é importante não só para ajudar a prevenir o problema, mas também porque quanto mais cedo for feito o diagnóstico, menor será a possibilidade de complicações futuras. Para quem já sofre com o problema, o tratamento vai depender do tipo e da gravidade das varizes, por isso a consulta com um cirurgião vascular é tão importante. Para varizes menores ou vasinhos, por exemplo, uma opção é a escleroterapia, onde uma substância química é injetada nas veias para fechá-las. Para varizes maiores, o médico pode recomendar laser, espuma ou até cirurgia. É ainda possível combinar diferentes técnicas para o tratamento de varizes, como é o caso da técnica idealizada pelo professor doutor Kasuo Miyake, que combina laser transdérmico com escleroterapia (injeções de glicose)”, destaca o especialista.

Ler: Harmonização auditiva: o fim das “orelhas de abano”

Aline Lamaita ressalta que, apesar de serem conhecidas pelo fator estético, as varizes são uma doença, também crônica – não há cura definitiva. “Os tratamentos atuam na veia doente, que é retirada ou destruída e dificilmente volta a ter fluxo sanguíneo. O objetivo é melhorar a qualidade da circulação e o aspecto estético das pernas. No entanto, novas veias varicosas podem aparecer com o tempo em outros locais. Por isso, a prevenção e o monitoramento vascular são essenciais”, orienta.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Είναι το στοιχείο που σας παρέχει ασφάλεια και ζεστασιά. Index.