Top 10: veja 10 alimentos poderosos para a sua saúde – Jornal Estado de Minas

Top 10: veja 10 alimentos poderosos para a sua saúde – Jornal Estado de Minas


“Deixe a comida ser o seu remédio e o remédio ser o seu alimento”, citou Hipócrates há 2.500 anos. A sabedoria milenar do “pai da medicina” continua relevante até hoje, pois destaca a importância da alimentação na promoção da saúde e do bem-estar.

Estudos recentes também associam uma dieta rica em frutas, fibras e vegetais a um baixo risco de doenças cardiovasculares, obesidade, cancro e doenças neurológicas. Conseguir uma alimentação saudável, saborosa e equilibrada não precisa ser um sacrifício, por isso os especialistas recomendam constantemente alimentos que, quando incorporados ao dia a dia, podem trazer inúmeros benefícios à saúde. Confira os 10 primeiros:

1. Limão

As frutas cítricas, como o limão, são ricas em vitamina C, um poderoso antioxidante que fortalece o sistema imunológico. “Consumir uma porção diária dessas frutas pode ser benéfico”, afirma o nutricionista Antônio Wanderson Lack de Matos. Além disso, o limão auxilia na absorção do ferro, participa da formação do colágeno e do processo de cicatrização e aumenta a resistência contra doenças como a gripe.

Frutas cítricas, como limões, são ricas em vitamina C

Imagem de JULIANA ANNUNCIATO por Pixabay

2. Alho

O tempero que não pode faltar na sua comida. O alho é conhecido por possuir sulfetos alílicos em sua composição, que podem reduzir o colesterol e a pressão arterial, além de auxiliar o sistema imunológico. A recomendação é consumir um dente de alho por dia para obter esses benefícios.

3. Morango

O morango é uma fruta rica em vitaminas C, A, E, B5 e B6. Além disso, também é fonte de cálcio, potássio, ferro, selênio, magnésio e compostos fenólicos – que são antioxidantes. Essas substâncias têm a capacidade de proteger as células contra os efeitos dos radicais livres produzidos pelo organismo. Também auxiliam na imunidade e na prevenção de artrite reumatóide, doenças cardiovasculares e relacionadas ao envelhecimento.

morangos

Os morangos são abundantes em flavonóides, compostos ativos que estimulam a atividade dos neurotransmissores

Maksim Shutov/Unsplash

“O morango tem sido classificado como alimento fonte de polifenóis e, portanto, com capacidade antioxidante. Quando falamos em doenças cardiovasculares, o morango promove aumento da vasodilatação e redução da pressão arterial”, afirma Durval Ribas Filho, nutricionista e presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

4. Peixes

Peixes como atum, salmão e sardinha são ricas fontes de ômega-3, ácido graxo que melhora a comunicação entre os neurônios, auxilia na produção de neurotransmissores e tem efeitos antiinflamatórios. A recomendação é consumir três porções por semana para reduzir o colesterol ruim (LDL) e promover a regeneração celular.

5. Nozes e sementes

Ricas em ácidos graxos poliinsaturados, como o ácido linoléico, as nozes e sementes estimulam o sistema imunológico, têm efeitos antiinflamatórios e reduzem o risco de doenças cardiovasculares.

6. Soja

A soja é uma excelente fonte de proteínas vegetais, gorduras insaturadas e nutrientes como ferro, vitamina K e fósforo. O ferro é crucial para a função muscular e o transporte de oxigênio no corpo. A ingestão sugerida de proteína de soja por dia é de 25g para reduzir o colesterol ruim (LDL) e 60g por dia para reduzir os sintomas da menopausa.

Soja e óleo de soja

As isoflavonas da soja são importantes fontes de compostos bioativos e pertencem a uma classe de fitoestrógenos

United Soybean Board ou Soybean Checkoff/Wikimedia Commons

Leia também: Nutricionista dá dicas para introduzir mais cores nas refeições

7. Folhas verdes e milho

Espinafre, couve, mostarda e milho são ricos em luteína e zeaxantina, antioxidantes que protegem contra a degeneração macular e a catarata. Consumir de quatro a sete porções diárias de vegetais e frutas pode fornecer uma quantidade significativa desses nutrientes.

8. Abacate

O abacate é fonte de gorduras saudáveis, vitaminas e minerais, que previne a formação de ateromas (placas de gordura que se formam nos vasos sanguíneos), além de ter efeitos anticancerígenos, imunológicos e hipotensores (reduz a pressão arterial).

9. Leite

O leite é rico em cálcio, essencial para a formação dos ossos, fortalecimento dos dentes, contração muscular e transmissão de sinais cerebrais. “O consumo de leite e derivados é benéfico tanto para pessoas saudáveis ​​quanto para quem está com sobrepeso, obesidade e diabetes tipo 2”, afirma Durval.

10. Probióticos

Os probióticos são microrganismos vivos que, quando ingeridos em quantidade suficiente, beneficiam a flora intestinal, melhorando o hábito intestinal. Estão presentes em produtos como iogurte e leite fermentado, contendo lactobacilos e bifidobactérias.

Além da alimentação, manter uma boa hidratação também faz parte das ações que ajudam o cérebro a funcionar melhor. Recomenda-se, em média, beber dois litros de água por dia. Além de hidratar o corpo, auxilia no funcionamento intestinal e na eliminação de toxinas.

*Estagiário sob supervisão do subeditor Fábio Corrêa



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Aleppo seifen von alepeo – natürlich, vegan, rein.