Está com chikungunya e dor? Evite esses 3 alimentos para não piorar – Jornal Estado de Minas

Está com chikungunya e dor? Evite esses 3 alimentos para não piorar – Jornal Estado de Minas



A alimentação descuidada pode piorar a inflamação e fortes dores nas articulações em pessoas com chikungunya. E se a doença se tornar crônica, esses sintomas persistem por mais de três meses e, às vezes, por anos no paciente. É a chamada “artralgia”, que atinge cerca de 50% das pessoas com arboviroses, segundo estudos científicos.

A nutricionista Camila de Melo alerta sobre a dieta que o paciente segue – principalmente aqueles em que a doença já se manifesta na fase crônica. Ela indica que não precisa de muito para organizar sua alimentação. “Para quem não está acostumado a cuidar da alimentação, esse pode ser um belo convite para rever hábitos que estão se mostrando prejudiciais a si mesmo”, comenta a preceptora de estágio no curso de Nutrição, da Faculdade Una Lafaiete.

Confira os alimentos que devem ser evitados ou, pelo menos, reduzidos na dieta dos pacientes:

1. Açúcar

Pode aumentar a inflamação no organismo, piorando os sintomas da chikungunya, pois provoca um pico de insulina, favorecendo o processo inflamatório. “Evite doces, refrigerantes e produtos industrializados com alto teor de açúcar”, recomenda a nutricionista.

Para substituir os doces, opte por frutas frescas da estação, frutas secas sem açúcar, chocolate amargo. Em vez de refrigerantes, prefira consumir frutas como laranja, tangerina, abacaxi, melancia (com alto teor de água para hidratação), chás gelados sem açúcar. “E, se tiver vontade de um doce “clássico”, prepare uma salada de frutas sem açúcar – como provavelmente fez a sua mãe ou avó, ou grelhe bananas no azeite”, afirma. (receitas abaixo)

2. Alimentos fritos

Os alimentos fritos contêm gorduras trans e óleos refinados que podem intensificar a inflamação através da produção de citocinas (atuando entre o sistema imunológico e outros). Escolha métodos de cozimento mais saudáveis, como grelhar, assar ou cozinhar no vapor. Com o tempero certo também fica muito bom.

3. Salsichas

São alimentos como salsichas, presunto e salame. As salsichas contêm altos níveis de conservantes e aditivos, como nitritos e nitratos, que podem promover inflamação no corpo. Esses compostos podem causar “estresse oxidativo”, que seria a produção de radicais livres causando danos celulares, intensificando ainda mais os processos inflamatórios. Prefira consumir carnes magras grelhadas, como frango e peixe.

Leia também: Conheça 7 nutrientes que você precisa consumir todos os dias

Além das recomendações, Camila recomenda receitas acessíveis e simples para os pacientes, veja:

Salada de Frutas da Vovó (serve 2 pessoas)

  • ½ mamão maduro cortado em cubos.
  • 2 bananas maduras cortadas em rodelas.
  • ¼ abacaxi maduro cortado em cubos.
  • 1 xícara (chá) de uvas maduras sem sementes.
  • 1 xícara de maçã cortada em cubos.
  • Suco de laranja serra d’água ou outra, mas doce.

O paciente pode escolher outras frutas de sua preferência, mas que estejam sempre maduras. Misture tudo em uma tigela e regue com o suco de laranja todos os ingredientes. Sirva gelado.

Banana Grelhada e Perfumada (serve 2 pessoas)

  • 5 bananas maduras, descascadas e cortadas ao meio
  • 1 fio de azeite

Unte uma frigideira antiaderente com azeite e coloque as bananas cortadas ao meio. Leve ao fogo baixo para grelhar.

Assim que as frutas estiverem douradas, retire-as da frigideira, coloque-as numa travessa bonita, polvilhe com canela em pó e sirva quente, “quando os aromas do preparo ainda estão no ar da cozinha. Essa é a beleza deste doce “, diz a nutricionista



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Advantages of local domestic helper. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.