Na Cimeira da Liga Árabe, Guterres apela a um cessar-fogo em Gaza e à unidade regional



“A guerra em Gaza é uma ferida aberta que ameaça infectar toda a região”, disse ele disse.

“Pela sua velocidade e escala, é o conflito mais mortal do meu tempo como Secretário-Geral – para os civis, os trabalhadores humanitários, os jornalistas e os nossos próprios colegas da ONU.”

Ele enfatizou que nada pode justificar os hediondos ataques terroristas de 7 de Outubro perpetrados pelo Hamas contra Israel, ou a punição colectiva do povo palestiniano.

Ataque de Rafah é ‘inaceitável’

O Secretário-Geral alertou contra um ataque a Rafah, que seria “inaceitável” porque “causaria outra onda de dor e miséria quando precisarmos de um aumento na ajuda vital”.

Ele também expressou preocupação com as tensões na Cisjordânia ocupada, destacando o aumento dos assentamentos israelenses ilegais, a violência dos colonos e a força excessiva por parte das Forças de Defesa de Israel, bem como as demolições e despejos.

Escritório da ONU para Assuntos Humanitários, OCHAinformou na quinta-feira que a situação na Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental, continua alarmante. Quase 1.400 pessoas – a maioria de famílias pastoris – foram deslocadas desde Outubro, no meio da contínua violência dos colonos e das restrições de acesso.

O OCHA disse no início desta semana que as duas últimas famílias restantes na comunidade pastoral de Ein Samiya, em Ramallah, foram forçadas a partir, na sequência de ataques de colonos israelitas que permanecem na área, impedindo assim o seu regresso.

O Secretário-Geral disse aos líderes árabes que a única forma permanente de acabar com o ciclo de violência e instabilidade entre israelitas e palestinianos é através de uma solução de dois Estados.

“O carácter demográfico e histórico de Jerusalém deve ser preservado e o status quo nos Lugares Santos deve ser confirmado, de acordo com o papel especial do Reino Hachemita da Jordânia”, acrescentou.

Paz para o Sudão

Em relação ao Sudão, o chefe da ONU instou a comunidade internacional a intensificar os esforços em prol da paz e apelou às partes em conflito para chegarem a acordo sobre um cessar-fogo permanente.

Mais de um ano de combates entre o exército sudanês e uma milícia rival conhecida como Força de Apoio Rápido (RSF) gerou uma crise humanitária. Milhares de civis foram mortos e 18 milhões enfrentam a fome iminente.

Ele também apelou à proteção “dos delicados processos políticos na Líbia e no Iémen” e instou o povo sírio a unir-se num espírito de reconciliação, honrando a sua diversidade e respeitando os direitos humanos para todos.

Reformar o sistema multilateral

Guterres também se concentrou em outras grandes crises globais, incluindo a crise climática; crescente desigualdade, pobreza e fome; dívida esmagadora; e o potencial e os perigos das novas tecnologias, como a inteligência artificial (IA).

“Precisamos de reformas profundas no sistema multilateral global – desde o Conselho de Segurança à arquitetura financeira internacional – para que sejam verdadeiramente universais e representativos das realidades de hoje”, acrescentou.

Ele apontou para o Cúpula do Futuro na sede da ONU, em Setembro, como “uma excelente oportunidade para criar impulso para um multilateralismo mais interligado e inclusivo”.

Um apelo à unidade

O secretário-geral mostrou o enorme potencial da região árabe.

Enfatizando que a unidade é a única condição para o sucesso no mundo de hoje, ele disse que as divisões permitem a intervenção de estrangeiros – promovendo conflitos, alimentando tensões sectárias e alimentando inadvertidamente o terrorismo.

“Estes são obstáculos ao desenvolvimento pacífico e ao bem-estar dos seus povos”, disse ele aos líderes.

“Superar estes obstáculos exige quebrar o ciclo vicioso de divisão e manipulação estrangeira – e avançar juntos para construir um futuro mais pacífico e próspero para os povos do mundo árabe e de outros países.”



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Πολλαπλές επιλογές οδηγών στο δάπεδο, ακόμη και για a. Index.