+Milionária, a ‘loteria impossível’, completa dois anos sem ganhador

+Milionária, a ‘loteria impossível’, completa dois anos sem ganhador



Há dois anos, quando o apresentador da Caixa disse: “vale a pena!” e as bolas da +Milionária começam a se misturar ao redor do globo, apostadores de todo o Brasil preferem fazer qualquer coisa menos acompanhar o sorteio. Não é por nada. A loteria mais difícil do país já ganhou 149 vezes desde sua estreia, em 28 de maio de 2022, e nunca teve um ganhador do prêmio principal. Com isso, o valor inicial, que era de R$ 10 milhões, hoje é de R$ 214 milhões, tornando a modalidade a mais formal de todos os tempos.

+Os sorteios sonolentos da Milionária não são por acaso. Para ganhar com uma aposta simples, por exemplo, o apostador tem apenas uma chance em 238.360.500 (duzentos e trinta e oito milhões, trezentos e sessenta mil e quinhentos). Além da possibilidade remota de ganhar, outra peculiaridade tem o poder de trazer, pelo menos, um sorriso amarelo no rosto do apostador: o preço do bilhete é o mais caro entre todas as loterias, R$ 6 (ou R$ 48 por mês, se você quiser). participar de todos os sorteios).

O volante +Milionária possui duas matrizes, a “Matriz Numérica” (que varia de 1 a 50) e a “Matriz Trevo Numerado” (de 1 a 6). Para cadastrar uma aposta simples é necessário escolher seis dezenas na “Matriz Numérica” e marcar dois trevos no espaço abaixo, na “Matriz Trevo Numerado”. Quem acertar as seis dezenas e os dois trevos ganha o prêmio maior. a professora Gilcione Nonato Costa, do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), jogar nesta modalidade equivale a “rasgar dinheiro”.

“Se considerarmos 238.360.500 segundos, esse tempo equivaleria a sete anos e seis meses. Portanto, a chance de ganhar o prêmio principal do +Milionária é a mesma de ganhar um segundo prêmio específico no prazo de sete anos e seis meses.” Ainda segundo o matemático, 238.360.500 grãos de arroz enchem aproximadamente 953 pacotes de cinco quilos. Assim, a chance de ganhar no +Milionária com uma aposta simples é a mesma de escolher um grão de arroz entre 953 pacotes de cinco quilos.

“E tem mais. Acertar qualquer metro ao longo da linha do Equador, que tem cerca de 40 mil quilômetros de extensão, ou seja, 40 milhões de metros, é seis vezes ‘mais fácil’ do que vencer na +Milionária”, completa. Esse fato, porém, não diz respeito à Caixa Econômica Federal. O responsável pelos sorteios afirma que, mesmo sem o prêmio principal ter sido ganho, a +Milionária já distribuiu R$ 301,3 milhões em prêmios.

“Desde o seu lançamento, em 28/05/2022, até abril de 2024, a modalidade já arrecadou R$ 1,4 bilhão. Desse valor, quase metade foi destinada a transferências sociais conforme determina a legislação vigente”, informou em nota enviada ao Estado de Minas. De acordo com o balanço divulgado em fevereiro, a Caixa arrecadou R$ 23,4 bilhões com loterias em 2023, o que significa um aumento de 0,9% em relação ao ano anterior. Desse total, R$ 7,9 bilhões foram pagos em prêmios a apostadores e R$ 9,2 bilhões foram repassados ​​para programas sociais do Governo Federal em áreas como educação, saúde, cultura e esporte.

“Polarização nas loterias”

Pelo imbróglio, a +Milionária virou “caso político”. Em outubro do ano passado, a deputada federal Júlia Zanatta (PL-SC), partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, enviou pedido ao Ministério da Fazenda, chefiado por Fernando Haddad (PT), pedindo explicações sobre a modalidade de apostas. O deputado, porém, não mencionou que a loteria foi criada quando Bolsonaro ainda era presidente da República, e o então Ministério da Economia estava sob a supervisão do ministro Paulo Guedes. De qualquer forma, as perguntas feitas a Haddad foram as seguintes:

1) Por que desde o primeiro sorteio, realizado em 28 de maio de 2022, não houve vencedor neste tipo de aposta no prêmio principal?

2) Existe a possibilidade desta modalidade ser ineficaz, por ser uma combinação de números e “trevos”, com possibilidade de ganhar na proporção de 1 chance em 238.360.500?

3) Tendo em conta os sorteios sistemáticos acumulados e a dificuldade colocada aos apostadores, existe a possibilidade de alteração das regras da +Milionária?

4) Alterar o preço dos ingressos ou aumentar o número de concursos semanais poderia ser uma forma de aumentar as chances de vitória nesta modalidade?

5) A título de comparação, quais foram os valores arrecadados pela Caixa, nas últimas dez apostas do +Milionária e Mega Sena?

6) A previsão é que a propriedade intelectual no Brasil aumente, após toda a tramitação do PDL para apostas esportivas, já aprovado na Câmara e em tramitação no Senado. Portanto, o desenvolvimento da tecnologia nacional poderá ampliar e facilitar estes e outros tipos de apostas?

Por fim, o parlamentar solicitou o “fornecimento de informações adicionais que o Ministro das Finanças entenda como relevantes para maiores esclarecimentos relativamente à referida modalidade”. Na semana passada, a reportagem entrou em contato com o Ministério da Fazenda e perguntou se o ministro Fernando Haddad gostaria de comentar o assunto, mas não obteve resposta.

Enquanto isso, nas casas lotéricas, os apostadores encontram outras opções. De forma arredondada, a probabilidade de alguém acertar seis dezenas na Mega-Sena fazendo apenas a aposta mínima, por exemplo, é de uma em 50 milhões, enquanto na Quina é de uma em 24 milhões. As loterias “mais fáceis” são a Lotofácil (uma chance em três milhões) e o Dia de Sorte (uma chance em 2,6 milhões). Para quem tem pressa, a forma mais eficaz e democrática de aumentar suas chances continua sendo a loteria tradicional.

As chances de ganhar cada loteria da Caixa com uma aposta simples (da mais difícil para a mais fácil):

+Milionário (1 aposta de 6 números e 2 trevos): 1 chance em 238.360.500

Mega-Sena (1 aposta de seis números): 1 chance em 50.063.860

Timemania (1 aposta de 7 números): 1 chance em 26.472.637

Quina (1 aposta de 5 números): 1 chance em 24.040.016

Dupla Sena (1 aposta de 6 números): 1 chance em 15.890,70

Lotomania (1 aposta de 20 números): 1 chance em 11.372.635

Super Seven (1 aposta de 7 números): 1 chance em 10.000.000

Lotofácil (1 aposta de 15 números): 1 chance em 3.268.760

Dia de Sorte (1 aposta de 7 números): 1 chance em 2.629.575



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Advantages of overseas domestic helper. Link.