RS: Lula promete maior pacote para enfrentamento de desastre climático



FOLHAPRESS – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prometeu anunciar nesta quarta-feira (29/5) o maior pacote do governo federal para combater os efeitos do desastre climático no Rio Grande do Sul.

Leia também: Corpo de Bombeiros de Minas envia nova equipe para atender vítimas no RS

O anúncio acontecerá em cerimônia no Palácio do Planalto, com a presença do vice-presidente Geraldo Alckmin, dos ministros Fernando Haddad (Finança), Carlos Fávaro (Agricultura) e Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), do presidente do Incra, César Aldrighi, e o presidente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), Celso Pansera.

O pacote, segundo relatos de integrantes do governo, será de mais de R$ 10 bilhões em linha de crédito para empresas atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul com faturamento anual superior a R$ 4,8 milhões, conforme mostrou a Folha de S.Paulo na última sexta-feira.

O governo vinha fazendo ajustes finais e o martelo foi batido em reuniões no Planalto nesta terça. Outras propostas também serão anunciadas.

“Aprovamos agora mesmo, para anunciar amanhã (quarta-feira), o maior pacote de combate aos desastres climáticos para atender o povo gaúcho. Cumprindo a promessa que dissemos: ajudaremos a reconstruir o Sul”, disse Lula, em X, anteriormente Twitter.

O crédito pode ser concedido a empresas de todos os setores: indústria, agronegócio e comércio.

As maiores empresas, especialmente na indústria, queixavam-se de ainda não terem sido abrangidas por medidas de auxílio estatal e temiam ficar de fora do pacote de resgate do governo federal.

A linha será administrada pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que também poderá repassar os recursos a todos os bancos para oferecer crédito diretamente às empresas gaúchas.

Rio Grande do Sul

Em coletiva de imprensa no Rio Grande do Sul, o ministro Paulo Pimenta (Apoio à Reconstrução) falou da importância das novas medidas que serão anunciadas para manter empregos na região.

“Amanhã [quarta] teremos um anúncio importante em Brasília. Lula passou o dia inteiro hoje se reunindo com Alckmin, Haddad, [Simone] Tebet, Rui Costa e nós aguardamos o anúncio de novas medidas, todas elas com o objetivo de apoiar a atividade económica no RS e manter os empregos”, disse.

No estado, outros ministros também atualizaram a situação de seus assuntos na região. Alexandre Silveira (Minas e Energia), por exemplo, disse que as enchentes deixaram 570 mil unidades consumidoras sem energia. Este número caiu agora para 116 mil, que serão restaurados de forma mais lenta, devido ao lento ritmo de redução das inundações na área.

Wellington Dias (Desenvolvimento Social) destacou a inclusão de 21.681 famílias gaúchas na lista de beneficiários do programa social Bolsa Família. Jader Barbalho (Cidades), por sua vez, falou em aumentar o teto do Minha Casa Minha Vida de R$ 170 mil para R$ 200 mil.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Είναι το στοιχείο που σας παρέχει ασφάλεια και ζεστασιά. Index.