Passageiro descreve ‘choro e gritos’ durante pouso de emergência da Southwest Airlines após falha de pneu


Um passageiro de um voo da Southwest Airlines que foi forçado a dar meia-volta depois que um pneu quebrou logo após a decolagem relembrou o pânico no avião enquanto os viajantes se preparavam para um pouso de emergência.

“Quando os comissários disseram que íamos fazer um pouso de emergência, começamos a entrar em pânico. As pessoas definitivamente choravam e gritavam e tentavam consolar umas às outras”, lembrou Julianna Donadio. Raposa 31.

O voo nº 225 da Southwest Airlines tinha acabado de decolar do Aeroporto Internacional de Denver por volta das 18h30 do dia 3 de junho e se dirigia para Phoenix, Arizona, quando o pneu “falhou”, segundo a companhia aérea.

Donadio, que mora em Boulder e estava indo visitar a mãe, disse que o pneu fez um barulho alto.

“Sabíamos que um pneu estourou, mas não sabíamos qual era a situação do trem de pouso”, disse ela. “Eles começaram a nos preparar para a posição de colisão, com a cabeça entre os joelhos, e estavam informando à linha de saída de emergência como abrir as portas e potencialmente operar os escorregadores.”

Um voo da United Airlines perdeu um pneu em março e pousou em um Toyota Corolla, destruindo-o
Um voo da United Airlines perdeu um pneu em março e pousou em um Toyota Corolla, destruindo-o (Direitos autorais 2024 da Associated Press. Todos os direitos reservados)

A tripulação a bordo do voo permaneceu calma enquanto se preparava para o impacto. “Quando pousamos, todos estavam aplaudindo e aplaudindo”, disse a mulher.

Em comunicado, a Southwest confirmou que o avião “pousou sem incidentes”.

“O voo 225 da Southwest retornou em segurança para Denver na segunda-feira, 3 de junho, depois que um pneu quebrou durante a decolagem. Seguindo os procedimentos padrão de segurança, os pilotos declararam emergência antes do pouso. O vôo pousou sem incidentes e taxiou para fora da pista. Uma aeronave separada operou o voo programado para Phoenix”, disse a companhia aérea.

Uma situação semelhante – mas mais extrema – ocorreu em março, quando um voo da United Airlines partiu do Aeroporto Internacional de São Francisco com destino ao Japão e perdeu um pneu. A roda caiu do avião e pousou em um Toyota Corolla, destruindo-o.

O avião foi forçado a fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Los Angeles, onde as autoridades tinham carros de bombeiros de prontidão.

Em ambos os casos, as aeronaves foram fabricadas pela Boeing. A empresa está sob intenso escrutínio depois que um voo da Alaska Airlines em janeiro perdeu uma porta a 16.000 pés.

A Administração Federal de Aviação suspendeu 171 aeronaves Boeing 737 Max 9 em todo o mundo até que pudessem ser inspecionadas. Alguns dos aviões voltaram aos céus no final daquele mês.

O Independente enviou um e-mail à Southwest para comentar.



o que significa vx

paketá telefone

emprestimo pessoal para pensionista negativado

banco de bmx

empréstimo rcc

simulador emprestimo para aposentado

emprestimo consignado auxilio brasil

empresa de emprestimo consignado