Governo de Minas vai cancelar o acordo de leniência com a Andrade Gutierrez

Governo de Minas vai cancelar o acordo de leniência com a Andrade Gutierrez



O vice-governador de Minas Gerais Mateus Simões (Novo) anunciou que o governo do estado cancelará o acordo de leniência firmado com a construtora Andrade Gutierrez, em 2021, referente a fraudes em obras da Cidade Administrativa e da Companhia Energética (Cemig). Em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (7/10), Simões afirmou que a empresa não está cumprindo a multa acordada de R$ 128,9 milhões.

O valor que a empreiteira deveria reembolsar aos cofres públicos havia sido dividido em 32 parcelas iguais e trimestrais, no valor de R$ 4,029 milhões – valores que estão sujeitos a correções na taxa básica de juros (Selic). Porém, segundo Simões, a empresa só pagou o primeiro salário, ainda em março de 2023.

“O governo do Estado decidiu iniciar o processo de cancelamento do acordo de leniência firmado com a construtora Andrade Gutierrez. Isso se deve ao reiterado descumprimento do acordo por parte da construtora e ao não pagamento das parcelas do contrato. Eles estão atrasados ​​há um ano. Isso, além de consistir em um claro descumprimento do que havia sido acordado anteriormente, também denota má-fé por parte das empresas no relacionamento com o governo do Estado”, disse Simões.

O acordo de leniência havia sido assinado após a própria empresa procurar o governo mineiro, em agosto de 2019, e foi mediado pelo Ministério Público. Entre os benefícios que a empreiteira conseguiu estava a redução da multa em até 2/3, e a possibilidade de continuar firmando contratos com o Executivo mineiro.

Ainda segundo o Palácio Tiradentes, as partes negociavam para melhorar os termos do acordo desde outubro de 2023, mas a mesa de negociações foi encerrada no início de junho sem avanços. A empresa agora tem 30 dias para responder antes do início do processo administrativo.

A construtora solicitou revisão do perfil econômico-financeiro da dívida, mas o pedido foi negado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), por meio de despacho governamental no dia 7 de junho. cinco parcelas já vencidas.

“Infelizmente, com o pagamento de apenas uma parcela, foi iniciado um processo de discussão do reajuste do valor e forma de pagamento dessa indenização. O governo do Estado anunciou que não permitiria desconto no valor do pagamento. Os danos causados ​​aos mineiros devem ser pagos integralmente e não podem ser tolerados atos de corrupção”, sublinhou o vice-governador.

Ó Estado de Minas Ele entrou em contato com a Andrade Gutierrez, mas a empresa disse que não comentaria o caso. O espaço continua aberto para o posicionamento da construtora.



emprestimo do inss

empréstimo para consignados

simular um empréstimo consignado

simular empréstimo picpay

simular emprestimo picpay

como fazer emprestimo no picpay

emprestimo consignado no inss

blue emprestimo

simulação empréstimo picpay

emprestimo consignado simulação

inss empréstimos

Experience the power of this link building network and watch as your website soars to new heights in the digital landscape. No outbound links (no exchange). Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.