Festa de candidato à sucessão de Lira reúne Valdemar e ministros de Lula

Festa de candidato à sucessão de Lira reúne Valdemar e ministros de Lula



BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O evento que tenta impulsionar a candidatura do líder do PSD na Câmara dos Deputados, Antonio Brito (BA), à sucessão de Arthur Lira (PP-AL) reuniu o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, na noite desta terça-feira (9). , e ministros do governo Lula (PT).

Brito busca consolidar seu nome na disputa, que acontece em fevereiro de 2025 e atualmente está indefinida – Lira não pode ser reeleito e tenta transferir seu capital político para um candidato de sua escolha.

Considerado de perfil discreto e conciliador, Brito busca o apoio tanto de Lula quanto do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), com quem se reuniu na semana passada. No encontro, recebeu de Bolsonaro a medalha “dos três i’s”, das iniciais de “imortal, imbróctil e não comestível” que o ex-presidente dá aos aliados.

No evento desta terça, Valdemar conversou em particular com Lira e com o líder do PL na Câmara, Altineu Côrtes. Segundo relatos, o presidente da Câmara deverá se reunir com Bolsonaro na manhã desta quarta-feira. Na mesa de discussão, temas que vão desde sua sucessão até a análise dos regulamentos da reforma tributária, previstos para serem votados no plenário da Câmara nesta quarta.

Lira permaneceu pouco tempo no evento. Na saída, ela conversou com o presidente da FPA (Frente Parlamentar Agrícola), deputado Pedro Lupion (PP-PR). Ele tem dito a interlocutores que anunciará o nome do seu candidato à presidência da Câmara em agosto.

Em outro momento, Valdemar falou ao ouvido do presidente do PSD, Gilberto Kassab. Segundo relato entre os dois, Valdemar disse a Kassab: “Vou te ferrar”, em referência ao resultado das eleições municipais no estado de São Paulo, onde os dois partidos disputam cerca de 250 prefeituras .

Na reportagem, Kassab disse que se tratava de uma brincadeira de Valdemar. O presidente do PL, porém, diz que não foi brincadeira. Ele também disse aos jornalistas que Kassab não será vice-presidente do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), em uma possível chapa à Presidência da República em 2026 se depender do PL.

Sobre a sucessão de Lira, Valdemar afirmou que não quer cometer o mesmo erro do partido na eleição para a presidência do Senado em 2023, que reelegeu Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e impôs derrota ao senador Rogério Marinho (PL-RN).

Segundo Valdemar, para ter espaço na Mesa Diretora da Câmara, o PL conversa até com o PT. Altineu Côrtes é o nome mais lembrado da sigla para ocupar um possível espaço. Apesar disso, ele afirma que nada está definido ainda e que caberá a Valdemar e Bolsonaro escolher o representante do PL.

Além de Brito, Elmar Nascimento (União Brasil-BA) e Marcos Pereira (Republicanos-SP) surgem como pré-candidatos – ambos compareceram ao evento. Os dirigentes do MDB, Isnaldo Bulhões Jr. (AL), e do PP, Doutor Luizinho (RJ), também listados, passaram pelo jantar.

Como mostrou a coluna do Painel, os pré-candidatos estão organizando partidos para tentar atrair o apoio dos deputados. O evento desta terça-feira é oficialmente para comemorar os aniversários de julho da bancada do PSD, mas nos bastidores é visto como uma festa para Brito.

Nesta quarta-feira (10), será a vez de Elmar comemorar seu aniversário em evento em Brasília. No início do ano, Marcos Pereira reuniu autoridades dos três Poderes em um evento para comemorar seu aniversário.

Nesta terça-feira, estiveram presentes os ministros da Justiça, Ricardo Lewandoswki, de Minas e Energia, Alexandre Silveira, das Cidades, Jader Filho, do Trabalho, Luiz Marinho, da Defesa, José Múcio Monteiro.

Também participaram da festa os ministros da Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, da Pesca, André de Paula, dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho e do chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, além dos líderes do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), e no Congresso Nacional, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP).

Em determinado momento do evento, o deputado Ricardo Salles (PL-SP), ex-ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro, conversou com Lewandowski. Salles foi relator na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara da PEC (proposta de emenda à Constituição) das Drogas, cuja aprovação o governo tenta impedir.



emprestimo do inss

empréstimo para consignados

simular um empréstimo consignado

simular empréstimo picpay

simular emprestimo picpay

como fazer emprestimo no picpay

emprestimo consignado no inss

blue emprestimo

simulação empréstimo picpay

emprestimo consignado simulação

inss empréstimos

Alepeo aleppo shampoo mit arganöl 500 ml.