Bolsonaro e Ramagem discutem uso da Abin para proteger Flávio em áudio

Bolsonaro e Ramagem discutem uso da Abin para proteger Flávio em áudio



A Polícia Federal (PF) revelou que integrantes da chamada “Abin Paralela” tentaram colher informações comprometedoras e relações políticas de auditores da Receita Federal que participaram da investigação sobre a suposta “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro (PL- RJ), quando era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Na manhã desta quinta-feira (7/11), a PF lançou a quarta fase da Operação Last Mile. O grupo visado é uma organização criminosa que supostamente utilizava os sistemas da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) para monitorar ilegalmente autoridades públicas e produzir notícias falsas. Desde 2023, a PF investiga o suposto uso ilegal de sistemas da Abin para espionar adversários políticos durante o governo Bolsonaro.

Leia: ‘Rachadinha’: o que aconteceu com o caso envolvendo filho de Bolsonaro

Durante a operação de hoje, foi encontrada uma gravação de áudio no computador do ex-diretor da Abin, Alexandre Ramagem, que pode se tornar uma prova decisiva no caso das rachadinhas envolvendo o senador Flávio Bolsonaro. A gravação revela uma reunião entre Ramagem e Jair Bolsonaro (PL) em que foi discutido um plano para proteger o senador de investigações sobre desvios de recursos.

Segundo o jornalista Aguirre Talento, de UOL, investigações apontam que a gravação, com duração de cerca de uma hora, foi feita pelo próprio Ramagem.

Além de Ramagem e Jair Bolsonaro, participaram do encontro o então ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e um advogado de Flávio Bolsonaro. A reunião ocorreu em 25 de agosto de 2020.

No áudio, Bolsonaro teria dado sua aprovação ao plano de Ramagem de abrir processo contra os auditores fiscais que investigavam Flávio Bolsonaro. O objetivo era anular as investigações do caso rachadinhas – esquema de desvio de recursos por funcionários do gabinete de Flávio no período em que ele foi deputado estadual no Rio de Janeiro. A estratégia de Ramagem foi efetivamente implementada e resultou na anulação das investigações contra o filho do presidente na Justiça.

Para a PF, o áudio comprova que a estrutura da Abin foi utilizada em defesa de interesses pessoais de Jair Bolsonaro, configurando abuso de poder e desvio de funções.

Decisão

“Da mesma forma, em relação às investigações relacionadas ao senador Flávio Bolsonaro, a autoridade policial trouxe informações a respeito da utilização da estrutura da ABIN para monitoramento dos auditores da Receita Federal do Brasil, responsáveis ​​pelo RIF – relatório de inteligência fiscal – que deu origem ao o inquérito que apurou o desvio de parte dos salários dos funcionários da ALERJ (‘caso rachadinha’), com o objetivo, inclusive, de ‘apurar sujeira’ sobre os referidos auditores”, diz trecho da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, que autorizou nesta quinta-feira a quarta fase da Operação Last Mile.

Segundo a PF, foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão, autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Os mandados são cumpridos em Juiz de Fora (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Salvador (BA) e São Paulo (SP).



emprestimo do inss

empréstimo para consignados

simular um empréstimo consignado

simular empréstimo picpay

simular emprestimo picpay

como fazer emprestimo no picpay

emprestimo consignado no inss

blue emprestimo

simulação empréstimo picpay

emprestimo consignado simulação

inss empréstimos

Simple, privacy focused and free ad network for websites in need of new visitors. Free & easy link building. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.