Banco Mundial e consórcio regional impulsionam iniciativas de segurança hídrica no Nordeste do Brasil

Banco Mundial e consórcio regional impulsionam iniciativas de segurança hídrica no Nordeste do Brasil


O Banco Mundial, em parceria com o Consórcio Nordeste, entidade que reúne os nove estados daquela região do Brasil, quer construir uma agenda robusta para lidar com os desafios da segurança hídrica.

A especialista sênior em Gestão de Recursos Hídricos do Banco Mundial, Paula Freitas, relatou como a iniciativa terá impacto.

Aproveite as economias de escala

“Esta parceria visa apoiar a mobilização e organização de uma série de eventos que possibilitem aos estados do Nordeste a troca de experiências e conhecimentos, além de refletir sobre boas práticas e inovações nacionais e internacionais. Permitirá também discutir desafios regionais comuns, identificar uma agenda integrada de ações que possa apoiar um programa de segurança hídrica que permita aproveitar economias de escala e fortalecer a integração interestadual”,

O Brasil abriga 12% de toda a água doce do mundo. Contudo, sua distribuição não é homogênea no território e não atende plenamente às necessidades demográficas de cada estado.

Os impactos econômicos e sociais desta realidade, especialmente no que diz respeito ao acesso à água no Nordeste, região que sofre com a seca, são significativos. Paula Freitas destacou que existem desafios e oportunidades.

“Muitos estados da região enfrentam problemas semelhantes de segurança hídrica e dependem cada vez mais de recursos partilhados que precisam de ser coordenados de forma integrada.”

Banco Mundial/Scott Wallace

Trabalhadores rurais no estado da Bahia.

Boa gestão da água disponível

Em sua maior parte, a região Nordeste apresenta regime de chuvas concentrado em quatro meses ao longo do ano. Portanto, em períodos de escassez de chuvas, uma grande área, que abrange principalmente o interior dos estados nordestinos, enfrenta longos meses de seca. A maior parte da região está no semiárido e requer preparação permanente, boa gestão da água disponível e investimentos constantes.

O primeiro da série de eventos mencionados por Paula Freitas foi realizado no final de março, em João Pessoa, capital do estado da Paraíba, com a participação do governador João Azevedo. Também participaram no debate os secretários de estado responsáveis ​​pela gestão dos recursos hídricos e pelo desenvolvimento da infra-estrutura hídrica, bem como gestores das agências estaduais de recursos hídricos.

Participaram do evento representantes de órgãos federais como Secretaria Nacional de Segurança Hídrica do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, Codevasf, Departamento Nacional de Obras Contra Secas, Dnocs, Agência Nacional de Águas. e Saneamento Básico, ANA e Casa Civil.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Experience the power of this link building network and watch as your website soars to new heights in the digital landscape. You don't need to write many articles yourself. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.