Salum revela clube que inspira o América para a SAF: ‘Tem uma similaridade’

Salum revela clube que inspira o América para a SAF: ‘Tem uma similaridade’


Salum revela o clube que inspira o América para a SAF: ‘Tem semelhança’ (Marcus Salum tem o Bragantino como inspiração para a venda do América)

Presidente da SAF do América, Marcus Salum tem o objetivo de concretizar ou encaminhar a venda do futebol americano antes do final do ano, quando termina seu mandato. O dirigente ainda tem alguns clubes como inspiração de modelo a ser seguido pelo Coelho.

Em entrevista exclusiva com No Attack, Salum disse que gostaria de ter uma SAF como a do Manchester City, pela expertise que envolve toda a operação do City Football Group – empresa responsável pela gestão de uma rede de clubes que envolve, além dos ingleses, times como Girona e Bahia. Nacionalmente, ele se espelha no Bragantino.

“Gostaria muito de ter uma SAF como a do Manchester City, porque a expertise no futebol é fundamental. Mas o (modelo) do Bragantino tem semelhança com o do América. Não é SAF, é uma venda efetiva de um clube, mas onde o Bragantino concentra sua receita? No treinamento de jogadores. Compram um jogador jovem, treinam o jogador para poder reciclar. E está ligado a um grande clube europeu, que tem filiais na Alemanha, Áustria e Estados Unidos. Gostaria de ter essa conexão com clubes que pudessem ter um parceiro para isso. ‘Ah, mas vai lá, jogador’. Não é um problema, desde que haja regras.”

Marcus Salum, presidente da SAF do América

Apesar do que se possa imaginar, o Bragantino não adota o SAF. Em 2019, a Red Bull adquiriu também a parte associativa da instituição, transformando-a num clube-empresa. Como referiu Salum, o mesmo aconteceu na Alemanha, com o RB Leipzig (ex-SSV Markranstädt); na Áustria, com o RB Salzburg (antigo SV Wüstenrot Salzburg); e nos Estados Unidos, com o NY Red Bulls (anteriormente New York/New Jersey MetroStars).

Outra possibilidade

Outro modelo avaliado por Salum seria a parceria com investidor, em projeto de formação de jogadores. Neste caso, a América deteria a maior parte das ações da SAF, mas receberia um valor inferior.

“A outra opção é o América ser parceiro de um investidor, em um projeto de formação de jogadores. Ao invés de entrar com um valor muito grande, entro com um valor menor e eu fico com um percentual e tenho direito de recomprar esse investimento por 10 anos. É uma modalidade que estamos estudando.”

Marcus Salum

A notícia que Salum revela o clube que inspira o América para a SAF: ‘Tem semelhança’ foi publicada pela primeira vez no No Attack de Izabela Baeta.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo