Perdas de bets com jogos manipulados da Série B chegam a R$ 2,5 milhões



Apostas monitoradas por SportRadar perdeu pelo menos 2,5 milhões de reais em três jogos da Série B em 2022 e um em 2023 com “evidências claras e indiscutíveis” de manipulação, diz empresa de análise e monitoramento em relatórios entregues por CBF O IPC que investiga esse tipo de ilegalidade no Senado.

Entre as partidas suspeitas, a maior perda nas apostas foi em Operário 0 x 3 Novorizontino Grêmioem 6 de novembro de 2022. As casas monitoradas pelo SportRadar perderam 1.619.012,94 reais com uma combinação de apostas em que o Grêmio Novorizontino terminaria o primeiro tempo à frente no placar, com pelo menos dois gols, e venceria o jogo.

“O segundo gol da partida foi marcado nos acréscimos do primeiro tempo, após o zagueiro do Operário Ferroviário EC, Gustavo Alcino, ter feito uma intervenção imprudente e inoportuna dentro da grande área contra o atacante adversário, que já havia afastado a bola do alcance de Gustavo Alcino. O pênalti acabou sendo marcado, o que culminou no segundo gol do primeiro tempo, fazendo com que todas as apostas suspeitas bem-sucedidas”, diz SportRadar.

Já com Londres 0 x 2 Ituano, em 28 de outubro de 2022, o prejuízo nas apostas chegou a 770.098,68 reais. O relatório da partida afirma que as apostas para o Londrina terminar o primeiro tempo perdendo representaram 40% de todas as apostas para este jogo nas casas monitoradas. “Os padrões atuais de apostas e informações de apoio fornecem indicações de que o Londrina EC foi potencialmente cúmplice na manipulação deste jogo”, diz SportRadar.

Continua após a publicidade

Em 19 de maio de 2023, o Tombense perdeu para o Londrina por 2 a 0. Nesta partida, a suspeita recai sobre o volume suspeito de apostas em que o Tombense receberia mais cartões, o que levou o Betano a sofrer perdas de 73.627,40 reais.

“As apostas nesse resultado ocorreram nos mercados pré-jogo e ocorreram principalmente nas contas brasileiras. A Betano indicou que a maioria dessas contas era da mesma região do árbitro do evento, o que causou preocupações de integridade sobre a atividade de apostas presenciada no referido mercado de cartões”, analisa o SportRadar.

A avaliação da empresa, neste caso, é que, “com base na informação disponível, é possível que o Tombense FC tenha estado envolvido na possível manipulação da partida”.

Continua após a publicidade

A CBF também entregou à CPI o relatório sobre Criciúma 2 x 0 Tombense, em 5 de novembro de 2022, em que 99% das apostas no “vencedor do primeiro tempo” – o equivalente a 388.604,34 reais – foram a favor da derrota do time mineiro, mais uma vez sob suspeita, no SportRadar avaliação, de “estar envolvido na potencial manipulação do jogo”.

Segundo a empresa autora da análise, “foram observados incidentes irregulares durante esta partida”, informando que, aos 32 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Joseph, do Tombense, cometeu pênalti “ao segurar e derrubar o adversário dentro da área”. área de penalti”.

A reportagem aponta ainda que este foi um dos três jogos investigados pelo Ministério Público do Estado de Goiás em uma operação contra um grupo envolvido em um esquema de manipulação de resultados. Segundo a investigação, “o grupo ofereceu aos jogadores cerca de € 27.000,00 (134.460 reais, na época) para que cometessem pênalti no primeiro tempo”.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Link. Είναι το στοιχείο που σας παρέχει ασφάλεια και ζεστασιά. Index.