A importante ‘aula de diversidade’ que ganhou espaço em ‘Renascer’

A importante ‘aula de diversidade’ que ganhou espaço em ‘Renascer’



O capítulo de Renascido esta quinta-feira, 30, deu espaço para uma espécie de “aula da diversidade” que explicou ao público as diferenças entre sexualidade e identidade de gênero por meio dos personagens. Em conversa com o pai, José Augusto (Renan Monteiro) — que se relaciona com Buba (Gabriela Medeiros), uma mulher trans — dissecou os conceitos para José Inocêncio (Marcos Palmeira). “A orientação sexual refere-se à atração que uma pessoa sente por outra. Por exemplo, os heterossexuais sentem atração por pessoas do sexo oposto, os homossexuais sentem atração por pessoas do mesmo sexo. Agora, identidade de gênero tem a ver com o gênero com o qual a pessoa se identifica”, afirmou a médica.

Interessado na conversa, Inocêncio perguntou ao filho se gênero se referia a “homem ou mulher” (também existem pessoas não binárias, mas o termo não foi discutido na trama). “Exatamente. Agora, uma pessoa cisgênero, como você e eu, se identifica com o gênero com que nasceu, enquanto uma pessoa trans não”, explicou o médico. “Como Buba”, destacou Inocêncio. “Sim, como Buba e como tantas outras pessoas neste mundo”, acrescentou Augusto, que também explicou ao pai que Buba fez uma cirurgia completa de redesignação sexual — que adapta as características físicas da pessoa, como os órgãos genitais, por exemplo, ao gênero com o qual ela se identifica — mas isso não é uma regra. “Nem todas as mulheres trans o fazem”, ressaltou.

Apesar de aberto ao aprendizado, Inocêncio destacou em alguns momentos da conversa que o tema ainda é confuso para muita gente, e que é difícil “colocar isso na cabeça do cidadão”. Paciente, José Augusto disse ao pai que é preciso discutir o tema com seriedade e que “a forma como uma pessoa exerce sua sexualidade não a torna mais ou menos digna que outra”, apontando também os perigos do preconceito. “Por causa da nossa ignorância, transformamos o que não sabemos em uma doença, um transtorno. A doença, neste caso, é a transfobia”, afirmou o filho do cacauicultor, lembrando ainda que o Brasil é o país “que mais mata pessoas LGBTQIAPL+ no mundo”.

Continua após a publicidade

Acompanhe novidades e dicas culturais nos seguintes blogs:

Tela plana para TV e streaming de notícias
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
In Cartaz traz dicas sobre filmes no cinema e streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo

Experience the power of this link building network and watch as your website soars to new heights in the digital landscape. You don't need to write many articles yourself. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.