Quanto custa carregar um veículo elétrico HOJE?

Quanto custa carregar um veículo elétrico HOJE?


O custo de recarga de um veículo elétrico é um dos principais pontos que os compradores avaliam antes de adquirir um carro dessa categoria.

Portanto, o Garagem360 revela quanto custa carregar um veículo elétrico. Dessa forma, você terá informações completas para tomar sua decisão. Acompanhe!

BYD Dolphin – Foto: Nicole Santana – Garagem360

Quanto custa carregar um veículo elétrico?

Os clientes Volvo podem recarregar gratuitamente nos postos de recarga da montadora. Clientes de outros fabricantes precisam pagar R$ 4,00 por kWh.

Anteriormente, a Volvo fornecia carregamento gratuito para todos os veículos. Porém, desde a última quarta-feira (10), passou a cobrar taxas de veículos elétricos de outras marcas.

Além disso, segundo a montadora, uma taxa de conectividade de R$ 2,50 quando a recarga for iniciada, exceto para clientes da montadora.

Além disso, há uma taxa de ociosidade de R$ 5,00 por minuto. Em comunicado oficial divulgado à imprensa, a Volvo informou que a tolerância é de 15 minutos e a carga é a partir do 16º minuto apenas em carregadores rápidos em rodovias.

No entanto, esta última tarifa também inclui clientes Volvo.

Leia também:

Quanto custa recarregar um BYD Dolphin?

Recarregar um BYD Dolphin custaria R$ 182,10 nas baterias de 44,9 kWh do modelo chinês, numa central elétrica Volvo. Já para a Recarga Shell, o valor total seria R$ 107,76.

Com o exemplo acima, fica claro entender que os eletropostos da Shell são mais econômicos que os da Volvo, já que os primeiros cobram R$ 2,40 por kWhcontra R$ 4,00 por kWh do seu concorrente.

Como economizar baterias de veículos elétricos?

Para reduzir os custos da bateria de um veículo elétrico, siga estas dicas:

Preste atenção redobrada na hora de recarregar seu veículo elétrico

Um dos principais erros cometidos pelos motoristas é dirigir o veículo com a bateria 100% carregada. Se você andar no limite o tempo todo, reduzirá a vida útil da bateria.

Outro detalhe interessante é que, depois 80%, a recarga leva tempo para ser concluída. Portanto, só dirija com a bateria no limite se precisar fazer uma viagem longa, ok?

Evite usar ar condicionado

Se você estiver dirigindo seu veículo elétrico em um clima mais ameno, é recomendável evitar o uso de ar condicionado. Isso porque se trata de um equipamento que aumenta o consumo da sua bateria.

Pratique direção defensiva

Este comportamento também se aplica aos veículos elétricos. Em outras palavras, evite forçar a aceleração de saída ou viajar acima do limite de velocidade. Isso porque essas duas ações influenciam diretamente no consumo da bateria.

O Garagem360 continua acompanhando as últimas novidades automotivas. Então fique conosco para não perder nenhum detalhe sobre veículos elétricos.

Leia também: Brasileiro Elon Musk cria carro que percorre 1.000 km com 30 litros de etanol: “melhor que elétrico”





picpay empréstimos

picpay emprestimo

consignado inss

empréstimo aposentados

consignado

picpay empréstimo consignado

emprestimo inss

consignado emprestimo inss

1 3 werktage.