Agência de projetos da ONU pede maior apoio internacional para Moçambique

Agência de projetos da ONU pede maior apoio internacional para Moçambique


O Gabinete de Serviços de Projectos da ONU, Unops, apela a mais apoio internacional para os esforços em nome das populações do norte de Moçambique.

O diretor-geral da agência, Jorge Moreira da Silva, acompanhou as ações da Unops com 60 mil pessoas no terreno até esta quinta-feira. Destacou “resultados tangíveis” do apoio oferecido em 40 escolas de 13 distritos da província de Cabo Delgado.

Uma mãe alimentando o seu bebé com uma refeição que salva vidas no distrito de Mecufi, província de Cabo Delgado, Moçambique.

Alimentação, segurança e abrigo

Depois de uma presença de quatro dias no país, Moreira da Silva lembrou que as comunidades da província sofrem o impacto da violência que em mais de sete anos já matou milhares de pessoas e deslocou mais de 1 milhão.

O representante também falou da busca diária por comida, segurança e abrigo como algumas marcas do conflito que aumentam a vulnerabilidade aos desastres climáticos, apesar de o país emitir baixos níveis de gases poluentes.

Moreira da Silva disse que a “perspetiva humanitária é terrível”. Contactou as comunidades afectadas pelo conflito e monitorizou as necessidades locais. O debate para procurar apoio envolveu parceiros nacionais a diferentes níveis.

Cabo Delgado, no norte de Moçambique

Cabo Delgado, no norte de Moçambique

Assistência humanitária e proteção

Até 2024, cerca de 1,7 milhões de pessoas necessitarão de assistência humanitária e protecção em Moçambique, incluindo 1,3 milhões de pessoas afectadas por conflitos.

O responsável da Unops relata “uma realidade de múltiplas crises sem precedentes”, como factor que justifica que o conflito no norte de Moçambique continue na memória.

O trabalho da agência com o governo e o Banco Mundial oferece uma resposta e apoia a recuperação de infra-estruturas básicas, a procura de meios de subsistência sustentáveis, o aumento do acesso aos serviços públicos e promove a coesão social.

Jorge Moreira da Silva destacou que estão em curso actividades para melhorar a situação das comunidades. Ele elogiou a resiliência e a determinação das populações locais em “criar um caminho pacífico e próspero”.

O chefe do Unops destacou que o desenvolvimento sustentável e inclusivo em Moçambique requer paz e estabilidade.

O apelo feito à comunidade internacional é para “renovar o seu compromisso de apoiar os esforços nacionais e locais para descobrir soluções práticas para as comunidades afetadas por conflitos e vulnerabilidade climática”.



empréstimo cartão consignado

empréstimo para pensionistas do inss

como fazer empréstimo consignado

empréstimo para pensionista inss

empréstimo consignado pensionista

empréstimo com contracheque

empréstimo online inss

como fazer um consignado

empréstimo para aposentado simulador

empréstimos para pensionistas do inss

empréstimo aposentado online

Simple, privacy focused and free ad network for websites in need of new visitors. You don't need to write many articles yourself. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.