Olympiacos vence Fiorentina e conquista título inédito da Conference League


O Olympiacos, da Grécia, venceu a Fiorentina, da Itália, por 1 a 0, nesta quarta-feira (29/5) e conquistou o título da UEFA Conference League de forma inédita. O gol que decidiu o campeão do torneio foi marcado pelo atacante marroquino El Kaabi nos minutos finais da prorrogação, na OPAP Arena, em Nea Filadelfia, na Grécia.

A conquista é um marco para o Olympiacos e para o futebol grego: é o primeiro título internacional conquistado por uma equipe do país na história. A Fiorentina já termina em segundo lugar na Conference League – na temporada passada, também saiu sem o troféu após perder para o West Ham, da Inglaterra. “Viola”’” ainda não conseguiu pôr fim à sua sequência de 23 anos sem conquistas.

Antes do final da temporada, a Fiorentina terá um último compromisso no calendário. Em jogo atrasado da 29ª jornada do Campeonato Italiano, a equipa visita a Atalanta. A bola rola neste domingo, a partir das 13h (de Brasília), no Gewiss Stadium.

Já o Olympiacos não tem mais partidas e encerra a temporada 2023/2024 com o título da Liga Conferência.

O jogo

A primeira grande chance foi logo aos três minutos de jogo. Em jogada individual, o atacante português Podence, do Olympiacos, partiu pela esquerda, cortou para o meio e bateu de fora da área, obrigando o goleiro italiano Terracciano a espalmar para escanteio.

Porém, foi a Fiorentina quem abriu o placar. O lateral-esquerdo Biraghi cobrou escanteio curto e passou para o meio-campista Bonaventura, que devolveu. Biraghie então cruzou rasteiro para a área e o zagueiro Milenkovic tocou a bola, que acabou no fundo da rede. Porém, o gol foi anulado devido ao impedimento do zagueiro sérvio.

A partida continuou movimentada, com as duas equipes tentando criar oportunidades para abrir o placar. Até os 30 minutos, quem enfrentou mais perigo e teve mais volume de jogo foi a Fiorentina, enquanto a seleção grega tentava contra-atacar em velocidade.

Aos 38 minutos, o time italiano chegou novamente. Bonaventura levantou a bola na segunda trave e o atacante Kouamé recuou, parando para defender o goleiro Tzolakis. No rebote, Nico González pegou mal e mandou para fora. Assim, a primeira etapa terminou empatada em 0 a 0.

O segundo tempo começou com o mesmo cenário do primeiro: os dois times se movimentando bastante e buscando espaços para abrir o placar na grande decisão.

Mas a primeira oportunidade surgiu aos 20 minutos. Arthur cobrou escanteio na área e Milenkovic subiu mais alto que a defesa do Olympiacos para cabecear, mas a bola passou pela linha de fundo.

Três minutos depois, a Fiorentina desperdiçou uma oportunidade de ouro. Dodó apareceu dentro da área e tocou para Kouamé. Sozinho, o atacante finalizou mal, mastigou e facilitou a defesa de Tzolakis, que mandou para escanteio. Com isso, a partida foi para a prorrogação.

Prorrogação e vitória grega

A primeira chance na prorrogação veio dos pés de Jovetic, do Olympiacos. O atacante cortou dois marcadores e bateu na entrada da área, mas o goleiro Terracciano fez a defesa.

Nos últimos 15 minutos da prorrogação, a Fiorentina quase marcou. Após cruzamento pela esquerda, a bola passou por todos e chegou a Ikoné. O atacante finalizou e parou na defesa de Tzolakis.

Faltando menos de cinco minutos para o final dos 120 minutos, a estrela de El Kaabi brilhou. Hezze cruzou para a área e o camisa 9 se antecipou à defesa da Fiorentina, cabeceando de cabeça para levar a taça para a Grécia pela primeira vez.



globo.com rio de janeiro

o globo noticia

globo com rio de janeiro

globo.com g1

jornal globo

jornais globo