Jogador mais velho do mundo, ex-Palmeiras assina com o 15º time da carreira

Jogador mais velho do mundo, ex-Palmeiras assina com o 15º time da carreira


Jogador de futebol ativo mais velho do mundo, o atacante japonês Kazuyoshi Miura desafia os estereótipos esportivos e mostra que não existe uma idade padrão para se aposentar. Aos 57 anos, o ex-atleta do Santos, Palmeiras e outras seleções brasileiras integra o 15º time da carreira profissional.

Kazu foi anunciado nesta terça-feira (25/6) pelo Atlético Suzuka (Suzuka Point Getters), da Quarta Divisão do Campeonato Japonês. Regressa à equipa que defendeu em 2022, depois de uma passagem de dois anos pela Oliveirense, na “Série B” de Portugal, onde disputou oito jogos e não marcou qualquer golo. O atacante chega emprestado do Yokohama FC, time da Segunda Divisão Japonesa que detém o passe do atleta desde 2005.

De volta ao Japão, Miura tentará superar seus próprios recordes. O atacante é o jogador mais velho a disputar uma partida oficial e marcar um gol em um campeonato profissional de futebol do país.

Kazu já deixou claro que quer jogar até os 60 anos. “Não vejo desistir como uma escolha que eu consideraria. Minha paixão pelo jogo é sempre grande. A minha paixão não desaparece”, disse o jogador, na conferência de imprensa de apresentação do Atlético Suzuka.

A carreira de Kazu começou no Brasil

Kazuyoshi Miura tem uma extensa história no Brasil. Apesar de ter nascido do outro lado do mundo, foi no país sul-americano que deu os primeiros passos no futebol. O atacante chegou do Japão aos 15 anos, em 1982, e treinou nas categorias de base da Juventus, em São Paulo. Antes de estrear pelo time principal, o atacante foi para o Santos, onde disputou sua primeira partida como profissional, em 1986.

Kazu disputou apenas duas partidas pelo time alvinegro paulista e, no mesmo ano em que foi revelado, se transferiu para o Palmeiras. Lá, não disputou partidas oficiais e, meses depois, foi para o Matsubara, time paranaense que foi dissolvido em 2011.

No Brasil, Miura também atuou pelo CRB (1987, quatro jogos), XV de Jaú (1988, 25 jogos e dois gols), Coritiba (1988 a 1989, seleção brasileira em que mais atuou – 59 jogos e sete gols) antes para retornar ao Santos em 1990. Na segunda passagem pelo time santista, teve mais oportunidades do que na primeira – fez 25 partidas, marcou dois gols e também distribuiu cinco assistências, segundo Ogol.

Em 1991, aos 24 anos, Kazu deixou o Brasil e estreou no futebol japonês pelo Tokyo Verdi, time pelo qual atuou entre 1991 e 1998 – interrompida por uma rápida passagem pelo Gênova, da Itália, em 1995. Foi lá que o O atacante viveu a melhor fase da carreira: marcou 133 gols em 239 partidas oficiais e foi convocado para a seleção do país.

Miura, aliás, foi o centro da comoção nacional quando ficou de fora da seleção japonesa para a Copa do Mundo de 1998. Na época, ele marcou 55 gols em 89 jogos pela seleção.

Números da carreira de Kazuyoshi Miura

  • Trabalhou profissionalmente em 15 equipes diferentes
  • Jogou em equipes de seis países Isso é quatro continentes – Brasil (América), Japão (Ásia), Itália (Europa), Croácia (Europa), Austrália (Oceania) e Portugal (Europa)
  • Disputado 37 temporadas como profissional
  • Clube que mais defendeu: Yokohama FC, de 2005 a 2021 (interrompido por breve passagem
    pelo Sydney FC, da Austrália, em 2005), com 298 jogos oficiais e 32 gols marcados
  • Time pelo qual marcou mais gols: Tóquio Verdi, 133 gols em 239 partidas oficiais



emprestimo do inss

empréstimo para consignados

simular um empréstimo consignado

simular empréstimo picpay

simular emprestimo picpay

como fazer emprestimo no picpay

emprestimo consignado no inss

blue emprestimo

simulação empréstimo picpay

emprestimo consignado simulação

inss empréstimos

Simple, privacy focused and free ad network for websites in need of new visitors. No outbound links (no exchange). Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.