Fortaleza acusa volante do Atlético

Fortaleza acusa volante do Atlético


O Fortaleza acusa o meio-campista do Atlético Rodrigo Battaglia de ter cometido atos de “xenofobia, racismo e discriminação” na Arena MRV, em Belo Horizonte, na tarde do último domingo (23/6). O Leão do Pici emitiu comunicado oficial nesta segunda-feira (24/6) e condenou as acusações feitas pelo meia Pedro Augusto.

A confusão entre os atletas ocorreu aos 34 minutos do empate entre Atlético e Fortaleza (1 a 1), pela 11ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Naquele momento, Battaglia tentava tirar Pedro Augusto do chão após cobrança de falta. A dupla discutiu e o meio-campista do Fortaleza levantou-se repentinamente para questionar de forma mais dura o argentino do Galo.

Na súmula do confronto, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP) informou que Pedro Augusto denunciou ofensa racista. Segundo o atleta da seleção nordestina, Battaglia o teria chamado de “preto de merda”. O suposto episódio não foi presenciado pela equipe de arbitragem.

Em nota, o Fortaleza repudiou a situação e demonstrou apoio a Pedro Augusto. O Leão do Pici destacou a “ótima relação” que tem com o Atlético e manifestou o “apoio” para que Battaglia reconheça a suposta infração e trate-a como “algo que não é mais tolerado no futebol”. Veja a publicação completa abaixo.

Fortaleza acusa Battaglia, do Atlético

O Fortaleza Esporte Clube repudia veementemente os atos de xenofobia, racismo e discriminação contra o atleta Pedro Augusto, ocorridos na Arena MRV, durante a partida entre Atlético-MG e Fortaleza, válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, neste domingo. noite (23).

Na ocasião, o jogador brasileiro Pedro Augusto foi surpreendido e reagiu prontamente com insultos de um jogador da equipe adversária, o argentino Rodrigo Battaglia. O fato está relatado no resumo oficial do jogo, citado pelo árbitro da partida, Sr. Flávio Rodrigues de Souza (FIFA/SP), que citou a situação da seguinte forma:

‘Informo que, aos 34 minutos do primeiro tempo, o camisa 28 da equipe visitante, senhor Pedro Augusto Borges da Costa, veio em minha direção informando que seu adversário camisa 21, senhor Rodrigo Andrés Battaglia, havia insultado ele “maldito negro”. Esclareço que este episódio não foi presenciado, nem ouvido pela equipe de arbitragem.

O Fortaleza dá total apoio ao seu atleta, Pedro Augusto, e reitera o seu repúdio a todo e qualquer ato de xenofobia, racismo e discriminação, sendo tal conduta incompatível com os valores e a história dos clubes envolvidos.

A intolerância e o preconceito precisam ser combatidos, seja no esporte ou em qualquer lugar da sociedade. Os clubes envolvidos, Fortaleza e Atlético-MG, têm um ótimo relacionamento, e da nossa parte esperamos que o atleta argentino reconheça o fato e o trate como algo não mais tolerado no futebol.

Atlético aguarda mais detalhes

Procurado pela reportagem No ataqueA assessoria de imprensa do Atlético informou que não tinha mais detalhes sobre o caso: “Não há registro desse fato, além do resumo, que diz que a equipe de arbitragem também não viu”.



emprestimo do inss

empréstimo para consignados

simular um empréstimo consignado

simular empréstimo picpay

simular emprestimo picpay

como fazer emprestimo no picpay

emprestimo consignado no inss

blue emprestimo

simulação empréstimo picpay

emprestimo consignado simulação

inss empréstimos

Experience the power of this link building network and watch as your website soars to new heights in the digital landscape. Free & easy link building. Itコンサルタント必見!フリー案件を一括紹介【it consult ant bank】.