Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Conheça nosso Portal da Privacidade e consulte nossa Política de Privacidade. Clique aqui para ver

Copa do Mundo Feminina: Holanda vence a África do Sul por 2 a 0 e avança às quartas de final



CNN

A Holanda encerrou a histórica primeira excursão da África do Sul no fases eliminatórias do Copa do Mundo Feminina no domingo com uma vitória confiante por 2-0 em Sydney.

Banyana Banyana encontrou-se com o pé atrás no início, quando um chute falhado aos nove minutos deu a Jill Roord um cabeceamento fácil para a rede aberta e o quarto gol do meio-campista holandês no torneio.

Apesar do revés, os sul-africanos continuaram na luta e tiveram muitas oportunidades.

O capitão Thembi Kgatlana foi particularmente ameaçador, disparando vários chutes no alvo, mas foi negado por uma série de fortes defesas do goleiro holandês Daphne van Domselaar.

Logo após o início do segundo tempo, a lateral holandesa Lieke Martens viu um gol anulado por impedimento.

Mas os sul-africanos viram seu destino selado aos 68 minutos, depois que o que deveria ter sido uma defesa fácil do remate de Lineth Berensteyn escapou das mãos de Kaylin Swart para o fundo da rede, esta última batendo as mãos no campo em frustração.

A vitória agora significa que os finalistas de 2019 enfrentarão a Espanha nas quartas de final em Wellington na sexta-feira.

Enquanto os sul-africanos voltam para casa, 2023 já foi um torneio histórico para o time, especialmente depois que a dramática vitória de Kgatlana nos acréscimos na quarta-feira passada selou uma vitória por 3 a 2 sobre a Itália, a primeira vitória de seu time neste torneio.

Banyana Banyana também chegou a poucos minutos de um empate contra a Suécia, outro adversário favorito, em sua partida de abertura naquele torneio.